segunda-feira, 13 de março de 2023

  • segunda-feira, março 13, 2023
  • Redação
Foto: Rebeca Reis/Agência Paulistão

Por Assessoria FPF

O Água Santa agora terá pela frente o Red Bull Bragantino na semifinal, que no final de semana venceu e eliminou o Botafogo com vitória por 2 a 0, em Bragança Paulista. A outra semifinal será realizada entre Palmeiras e Ituano.

O São Paulo começou a partida em ritmo animador e marcando presença no setor ofensivo. Logo aos seis minutos, Luciano finalizou com a perna esquerda, mas por cima do travessão defendido pelo goleiro Ygor Vinhas. Melhor em campo, o time do Morumbi seguiu assustando e viu Alan Franco carimbar o travessão aos 14 minutos.

Apesar do bom momento, o São Paulo teve baixa importante em campo aos 16 minutos, quando Galoppo se lesionou em campo e ficou chorando no gramado. Artilheiro do time na temporada com oito gols, ele precisou sair carregado do banco de reservas até o vestiário, indicando possível gravidade da lesão.

O São Paulo ainda assim teve chances de abrir o placar. Aos 23, Wellington Rato ganhou na corrida da marcação, invadiu a área e cruzou para trás para David, que chutou para fora. O detalhe é que o goleiro do Água Santa já estava completamente fora da jogada.

O Água Santa, que priorizou a marcação, chegou ao ataque uma única vez. Aos 28 minutos, Bruno Xavier cobrou escanteio da esquerda e o zagueiro Marcondes cabeceou muito perto da trave. Foi o único susto do time de Diadema, que segurou o empate sem gols até o intervalo.

No segundo tempo, os times precisaram se expor mais. O São Paulo se manteve no ataque e deixou o torcedor animado aos 16 minutos, quando David recebeu sozinho na área e finalizou em cima do goleiro Ygor Vinhas. O azar é que ele estava em posição irregular. Já o Água Santa respondeu aos 17 em cabeceio perigoso de Lucas Tocantins.

A partida seguiu ataque contra defesa durante boa parte da etapa final. O São Paulo teve a bola nos pés e usou bastante os laterais, mas entrou muito pouco na área do Água Santa. Tanto é que o goleiro Ygor Vinhas não precisou intervir com grandes defesas. O time do Morumbi abusou dos cruzamentos sem efetividade.

A pressão do São Paulo aumentou nos minutos finais do segundo tempo. Aos 42, Alisson dominou na esquerda e finalizou fraco na rede pelo lado de fora. Jhegson Méndez também tentou aos 47 e Pablo Maia arriscou aos 48 minutos, este último num chute perigoso e que passou rente a trave esquerda do Água Santa.

Nas cobranças de pênaltis, o Água Santa venceu o São Paulo por 6 a 5. O time do Morumbi desperdiçou duas cobranças com Alisson e Jhegson Méndez. Enquanto o time de Diadema errou apenas uma com Gabriel Inocêncio.

Próximas Transmissões

Quarta 21h30 | Copa do Nordeste | Santa Cruz x Fortaleza
Quinta 16h45 | Eliminatórias da Eurocopa | Itália x Inglaterra
Sexta 16h45 | Eliminatórias da Eurocopa | França x Holanda