segunda-feira, 12 de dezembro de 2022

  • segunda-feira, dezembro 12, 2022
  • Redação

Foto: Reuters/Gareth Bumstead

 Por Agência Brasil

A seleção da Croácia espera que o mau comportamento da Argentina na partida de quartas de final da Copa do Mundo do Catar contra a Holanda, duelo no qual foram mostrados 16 cartões amarelos e um vermelho para as duas equipes, não se repita no confronto pelas semifinais na terça-feira, disse o técnico da equipe croata, Zlatko Dalic, nesta segunda-feira (12).

Os argentinos acabaram prevalecendo sobre os holandeses na disputa de pênaltis após desperdiçar uma vantagem de dois gols, mas o jogo foi prejudicado por violações disciplinares de ambos os lados durante todo o duelo.

O capitão argentino Lionel Messi bateu boca com o técnico holandês Louis van Gaal após o apito final e chamou um jogador holandês de "bobo".

A Croácia, vice-campeã mundial em 2018, já teve seu próprio gosto do temperamento argentino no passado, após a vitória na fase de grupos sobre eles na Copa do Mundo de 2018, com o então técnico argentino Jorge Sampaoli se recusando a apertar a mão de Dalic.

Mas Dalic, cuja equipe eliminou o Brasil, um dos favoritos do torneio, também nos pênaltis, para avançar para as semifinais pela segunda Copa do Mundo consecutiva, disse que não guardava rancor.

"Eu entendo os atores envolvidos e as expectativas eram altas na época [em 2018]. Acontece e não guardaremos ressentimentos", disse Dalic em uma coletiva de imprensa nesta segunda (12). "Eu não me irrito com ninguém em estado emocional. A Argentina contra a Holanda também foi bastante agressiva e difícil com muitos comportamentos não relacionados ao futebol. Espero realmente que este não seja o caso amanhã."

Os jogadores argentinos também zombaram dos holandeses no final da disputa de pênaltis, enquanto alguns jogadores holandeses provocaram os argentinos durante o jogo.

"A partida de amanhã é uma grande partida para a Argentina, assim como para nós. A aposta é alta para ambos e uma vaga na final está em jogo", disse Dalic.

A Croácia espera chegar à final da Copa do Mundo pelo segundo torneio consecutivo após perder a decisão de 2018 para a França, atual campeã mundial, que joga contra o Marrocos na outra semifinal.

Indagado sobre a avaliação que faz sobre o sucesso da Croácia nos últimos quatro anos, Dalic disse que a vitória de 2018 sobre a Inglaterra na semifinal foi até agora sua maior partida.

"Para mim, o jogo da semifinal contra a Inglaterra foi o maior jogo de todos os tempos. O jogo contra o Brasil [nas quartas de final no Catar] vem em segundo lugar e a partida de amanhã seria a terceira daquela lista", disse Dalic. "Mas se vencermos amanhã, será o maior jogo croata de todos os tempos." 

O conselho de Dalic para seus jogadores e seus poucos torcedores que fizeram a viagem ao Catar foi para aproveitar o jogo.

"Eu sempre digo aos nossos torcedores e jogadores que aproveitem o futebol", disse ele. "Cada um de nós tem que desfrutar do trabalho, da profissão que estamos fazendo. Só se os jogadores estiverem felizes é que eles podem ser o que são". "Eles têm merecido a alegria de ser uma das quatro melhores equipes do mundo", acrescentou. 

Próximas Transmissões

Terça 17h00 | Copa da Itália | Inter de Milão x Atalanta
Terça 19h30 | Sul-Americano Sub-20 | Brasil x Equador
Quarta 17h00 | Campeonato Francês | Montpellier x PSG
Quinta 17h00 | Campeonato Espanhol | Real Madrid x Valencia
Sexta 19h30 | Sul-Americano Sub-20 | Brasil x Venezuela