segunda-feira, 18 de julho de 2022

  • segunda-feira, julho 18, 2022
  • Redação
Foto: Thais Magalhães/CBF

Por Assessoria CBF

O Brasil goleou a Venezuela por 4 a 0, na noite desta segunda-feira (18), no Estádio Centenário, em Armênia, na Colômbia, pela quarta rodada da CONMEBOL Copa América Feminina 2022. Os gols da Seleção Feminina foram marcados por Bia Zaneratto, Ary Borges e Debinha (2x). Com a vitória em cima das venezuelanas, as Guerreiras do Brasil se isolam na liderança do Grupo B, com nove pontos e 100% de aproveitamento.

O próximo compromisso da equipe de Pia Sundhage será na quinta-feira (21), contra o Peru, às 21h (horário de Brasília), no estádio Pascual Guerrero, em Cali.

O jogo

O Brasil começou o jogo no ataque. Aos quatro minutos do primeiro tempo, Adriana recebeu passe de Debinha e chutou de primeira. A bola desviou na marcação e foi pela linha de fundo. Melhor no jogo, a Seleção Feminina abriu o placar aos 21 minutos. Bia Zaneratto aproveitou cruzamento de Tamires e cabeceou firme para o fundo das redes de Nayluisa Cáceres. 

A Venezuela tentou responder em cobrança de falta por cima do gol de Lorena. Antes do intervalo, o Brasil pressionou novamente as venezuelanas, aos 44 minutos, em chute de Adriana da entrada da área pela linha de fundo.

O Brasil goleou a Venezuela por 4 a 0, na noite desta segunda-feira (18), no Estádio Centenário, em Armênia, na Colômbia, pela quarta rodada da CONMEBOL Copa América Feminina 2022. Os gols da Seleção Feminina foram marcados por Bia Zaneratto, Ary Borges e Debinha (2x). Com a vitória em cima das venezuelanas, as Guerreiras do Brasil se isolam na liderança do Grupo B, com nove pontos e 100% de aproveitamento.

O próximo compromisso da equipe de Pia Sundhage será na quinta-feira (21), contra o Peru, às 21h (horário de Brasília), no estádio Pascual Guerrero, em Cali.

O jogo

O Brasil começou o jogo no ataque. Aos quatro minutos do primeiro tempo, Adriana recebeu passe de Debinha e chutou de primeira. A bola desviou na marcação e foi pela linha de fundo. Melhor no jogo, a Seleção Feminina abriu o placar aos 21 minutos. Bia Zaneratto aproveitou cruzamento de Tamires e cabeceou firme para o fundo das redes de Nayluisa Cáceres. 

A Venezuela tentou responder em cobrança de falta por cima do gol de Lorena. Antes do intervalo, o Brasil pressionou novamente as venezuelanas, aos 44 minutos, em chute de Adriana da entrada da área pela linha de fundo

As Guerreiras do Brasil voltaram para o segundo tempo pressionando as adversárias e dominando o jogo. Ary Borges, aos cinco minutos, recebeu passe de Bia Zaneratto  no contra-ataque rápido, driblou a marcadora e bateu cruzado, com categoria, para fazer o segundo da Seleção Feminina. 

A equipe de Pia seguiu na pressão. Aos oito minutos, Debinha cabeceou forte e Cáceres espalmou. Quatro minutos depois, aos 12, Cáceres não evitou o terceiro gol. Debinha aproveitou cruzamento de Gabi Portilho e cabeceou para balançar as redes. Debinha voltou a balançar as redes aos 19 minutos. A camisa 9 recebeu a bola na direita, deu uma caneta na adversária e chutou cruzado, sem chance de defesa para Cáceres. A Canarinho seguiu dominando o jogo até fim e ainda carimbou o travessão da Venezuela aos 41 minutos, em chute forte de Angelina.

Brasil: Lorena; Antonia, Rafaelle (Fê Palermo), Kathellen e Tamires; Angelina, Ary Borges (Luana), Adriana (Gabi Portilho), Kerolin (Adriana); Debinha e Bia Zaneratto (Geyse). Técnica: Pia Sundhage.

Próximo jogo da Seleção:

Brasil x Peru - 5ª rodada

Data: 21 de julho (quinta-feira)

Horário: 21h (horário de Brasília)

Local: Estádio Pascual Guerrero, Cali (COL)