sexta-feira, 24 de junho de 2022

  • sexta-feira, junho 24, 2022
  • Redação
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Por Agência Brasil

A seleção brasileira feminina de futebol perdeu por 2 a 1 para a anfitriã Dinamarca, com gol das adversárias no minuto final da partida, realizada na tarde desta sexta-feira (24), no Estádio Parken, na capital Copenhagen. O amistoso é o primeiro de dois jogos na Europa, que visam a preparação da equipe para a Copa América Feminina, a partir de 8 de julho na Colômbia. Na próxima terça (28), às 134h30 (horário de Brasília), o Brasil enfrenta a Suécia, vice-líder do ranking mundial da Fifa, na Friends Arena, na capital Estocolmo.

Número nove no ranking mundial da Fifa, a seleção comandada pela técnica Pia Sundhage foi surpreendida aos 16 minutos, com chute certeiro da lateral-direita Janni Thomsen, desferido da entrada da área, que deixou a goleira Lorena vendida.  O Brasil teve chance de empatar aos 26 minutos, numa jogada individual de Debinha, mas na finalização a atacante chutou pra fora. Depois, aos 40, Kerolin se livrou da marcação e bateu cruzado: a bola tirou tinta da trave direita e não entrou.

No etapa final, a seleção controlou mais o jogo em campo, mas teve dificuldade de acertar a pontaria. Aos três minutos, Adriana rolou pela direita para Kerolin chutar dentro da área, massa bola foi por cima do travessão. Cinco minutos depois, em jogada individual, Adriana quase fez, massa goleira Christensen defendeu.  Aos 17 minutos, foi a vez de Fê Palermo cabeceou no travessão, após escanteio.  De tanto insistir, o Brasil chegou ao empate aos 41 minutos, graças ao talento de Debinha, que avançou pela direita, escapou da marcação e mandou uma bomba de canhota. Mal deu tempo de comemorar: no minuto final, Nadia Nadim driblou Fê Palermo  antes de cruzar para Gejl selar a vitória das dinamarquesas.   deencontrou Gejl livre na área para fazer o gol da vitória da equipe dinamarquesa, 16ª no ranking mundial da Fifa.

Defenderam a seleção brasileira nesta sexta (24): Lorena; Letícia (Kathellen), Tainara (Thaís Ferreira), Rafaelle e Fê Palermo; Duda S., Luana (Angelina), Adriana (Ary Borges) e Kerolin; Debinha e Bia (Geyse).