sábado, 25 de junho de 2022

  • sábado, junho 25, 2022
  • Redação
Foto: Marcelo Cortes/Flamengo

Por Agência Brasil

O Flamengo se recuperou do revés no último fim de semana no Campeonato Brasileiro e venceu o América-MG por 3 a 0 no Maracanã, se distanciando da zona de rebaixamento (Z4). Com a vitória no duelo da 14ª rodada, o Rubro-Negro chegou a 18 pontos e momentaneamente ocupa a sétima posição. Já o América-MG permanece com 15 pontos, em 16º lugar.

O América-MG começou melhor, mas não conseguiu criar qualquer chance de marcar. Aos poucos, o Flamengo se encontrou em campo e dominou as ações. Aos 14 minutos, João Gomes lançou para Gabigol pela direita. O camisa 9 avançou e tocou dentro da pequena área para Pedro, que furou. Apesar do lance perigoso, o assistente marcou o impedimento de Gabriel no momento em que recebeu o passe.

Aos 19 minutos, boa troca de passes do Flamengo até que a bola sobrou para Rodinei, que driblou Marlon e cruzou na área. Arrascaeta dominou, tentou encontrar Pedro, mas a zaga afastou. Na sobra, Andreas Pereira arriscou um voleio de fora da área, pegou mal, e isolou.

O Rubro-Negro seguiu no ataque. Aos 25 minutos, Rodinei recebeu pela direita e soltou a bomba, a bola passou raspando a trave direita de Cavichioli e foi para fora. O Flamengo seguiu na pressão e quase abriu o placar com Gabigol. Ele chutou na entrada da grande área, a bola desviou na defesa e bateu no travessão.

O Coelho reagiu apenas aos 39 minutos. Lucas Kal aproveitou falta cobrada pela direita por Patrick e chutou de primeira. João Gomes salvou e botou para escanteio. Dois minutos depois o Flamengo abriu o placar. Santos cobrou tiro de meta, Pedro deu um drible de corpo em Éder e avançou pela esquerda e tocou para Gabigol, sozinho, tocar para o fundo da rede e fazer 1 a 0.

O América tentou a resposta aos 43 minutos, com boa jogada de Marlon. Ele driblou Thiago Maia e chutou de perna esquerda. A bola passou muito perto do ângulo esquerdo de Santos.

O Flamengo voltou para o segundo tempo massacrando o América-MG. Em quatro minutos, o time perdeu quatro chances claras: duas com Gabigol, que Cavichioli defendeu, uma com Pedro, que chutou para fora, e a última com Rodinei, que tentou encobrir o goleiro e desperdiçou.

Aos cinco minutos, a pressão deu resultado. Arrascaeta driblou Juninho na grande área, o camisa 8 derrubou o uruguaio e o árbitro marcou pênalti. Gabigol foi para a cobrança. Ele bateu de perna esquerda, rasteiro, no canto esquerdo do goleiro, mas para fora.

Encurralando o adversário, o time carioca ficava cada vez mais perto do gol. Aos 19 minutos, Arrascaeta recuperou bola no meio de campo e acionou João Gomes. O volante descolou bom passe para Pedro, que chutou de primeira para a bola explodir na trave direita de Cavichioli.

Depois de perder muitos gols e um pênalti, Gabigol foi substituído para a entrada de Everton Ribeiro. Na primeira jogada do camisa 7, o Flamengo ampliou. Ele recebeu lançamento de Pedro e tocou na medida para Arrascaeta finalizar, sem goleiro, e marcar o segundo.

Perdendo por dois gols de diferença, o Coelho saiu para o ataque e passou a incomodar o time da casa. Aos 30 minutos, Matheusinho recebeu cruzamento e tocou de cabeça para Pedrinho, que chutou e obrigou Santos a fazer boa defesa. Três minutos depois foi a vez de Aloísio perder grande oportunidade. Ele dominou a bola na marca do pênalti e bateu no canto direito. Santos salvou mais uma vez.

O Flamengo voltou a pressionar no fim e, por pouco, não ampliou o resultado com um golaço. Aos 43 minutos, Thiago Maia dominou a bola na área, passou por Patric e tentou uma bicicleta. A bola bateu na rede pelo lado de fora. No minuto seguinte, Rodinei encontrou Marinho no meio, o camisa 31 arriscou chute forte de fora da área e fechou o placar: 3 a 0. O atacante comemorou muito o primeiro gol com a camisa rubro-negra, desde que foi contratado em janeiro. 

Na próxima rodada, o Flamengo enfrenta o Santos, sábado (02/07), às 19h, na Vila Belmiro. O América-MG recebe o Goiás, no domingo (03/07), às 18h, no Independência.

Corinthians 0 x 0 Santos

Também nesta noite, o Corinthians recebeu o Santos em Itaquera, mas não saiu do 0 a 0. O resultado manteve o Timão na vice-liderança do Brasileirão: passou a somar 26 pontos, a apenas dois do Palmeiras, primeiro colocado, que encara o Avaí às 16h deste domingo (26). Já o Santos chegou aos 19 pontos, e dorme na sexta posição.