sábado, 5 de março de 2022

  • sábado, março 05, 2022
  • Redação
Foto: Adriano Fontes/CBF

Por Assessoria CBF

Mais um jogo, mais uma vitória. Nesta sexta-feira (4), a Seleção Feminina Sub-17 derrotou a Bolívia por 7 a 0, mantendo os 100% de aproveitamento no Sul-Americano da categoria. Após a partida, a técnica Simone Jatobá avaliou o desempenho das brasileiras.

"Acredito que o primeiro tempo não foi como tínhamos treinado, como objetivo. Deixamos um pouco o jogo lento. Mesmo com a Bolívia lá atrás, poderíamos ser mais intensas. Ficamos devendo um pouco em relação à intensidade, mas foi bom, conseguimos fazer cinco gols", afirmou Simone.

No segundo tempo, o Brasil melhorou a atuação e a criação de oportunidades. Na visão da treinadora, a postura mais aberta da Bolívia facilitou a fluência do jogo da Seleção, que assegurou a vitória com mais dois gols.

"No segundo tempo, o time da Bolívia veio para cima. Já não tinha nada a perder. A gente conseguiu movimentar mais, fazer mais jogadas, ultrapassagens pelas laterais. Com mais movimentações, surgiram mais chances de gol", analisou.

A goleada da Seleção foi construída com muito trabalho em equipe. Ao todo, os sete gols foram marcados por cinco jogadoras diferentes: Jhonson, Ana Julia, Lara Dantas, Dudinha e Natália Vendito. Para Simone, contar com um grupo coeso é fundamental para o sucesso da Seleção.

"A gente tenta fazer com que todas joguem. Obviamente, haverá jogos em que isso não acontecerá. Mas o máximo que a gente puder de dar minutagem para a atleta jogar, dentro da estratégia e da tática adotada, vamos fazer. É importante que o grupo esteja todo unido. O coletivo predomina, isso que importa".

Após vencer Argentina e Bolívia nas primeiras duas rodadas, a Seleção Brasileira tem confrontos marcados contra Paraguai e Venezuela. A técnica espera ainda mais dificuldades pela frente, mas reforça o objetivo principal do Brasil: sair com o título e desenvolver as jogadoras da Seleção.

"Serão desafios importantes, decisivos. Não serão fáceis. Acho que as análises em cima da nossa equipe estão sendo cada dia maiores, para marcar nossas peças importantes. Isso vai fazer com que o Brasil saia da zona em que estamos, e fazer com que a gente desenvolva ainda mais nosso futebol. Serão jogos difíceis, mas o Brasil está disposto a enfrentar todas as equipes que vierem. Porque a gente tem um objetivo, vamos crescendo em cima disso", concluiu.

Com a vitória por 7 a 0 sobre a Bolívia, o Brasil é líder do Grupo B do Sul-Americano Feminino Sub-17 2022, que está sendo disputado no Uruguai. A Seleção Brasileira volta a campo na próxima terça-feira (8), contra o Paraguai.

Próximas Transmissões

Terça 15h45 | Campeonato Inglês | Southampton x Liverpool
Terça 21h30 | Copa Libertadores | Red Bull Bragantino x Estudiantes (ARG)
Quarta 16h00 | Final da Liga Europa | Eintracht Frankfurt x Rangers
Quarta 21h30 | Copa Sul-Americana | Santos x Unión La Calera (CHI)
Quinta 21h30 | Brasileirão Série B | Guarani x Vasco