terça-feira, 15 de março de 2022

  • terça-feira, março 15, 2022
  • Redação
Foto: Dado Ruvic/Reuters

Por Agência Brasil

A Corte Arbitral do Esporte (CAS) manteve a suspensão imposta pela Uefa a equipes russas de todas as competições organizadas pela entidade enquanto o tribunal delibera sobre o caso, informou a CAS nesta terça-feira (15).

A Fifa e a Uefa decidiram juntas suspender todas as equipes russas, sejam seleções nacionais ou clubes, da participação em competições de ambas as entidades até novo aviso, após a invasão da Ucrânia pela Rússia.

A União Russa de Futebol (RFU) recorreu à CAS, mas a Divisão de Arbitragem de Apelações negou um pedido para retirar a suspensão até que a CAS tomasse uma decisão final.

"A decisão contestada permanece em vigor e todas as equipes e clubes russos continuam suspensos da participação nas competições da Uefa", disse a CAS em comunicado.

A decisão significou que o Spartak Moscou não pôde jogar sua partida da Liga Europa contra o RB Leipzig, assegurando ao clube alemão avançar para as quartas de final.

A decisão só se aplica às competições da Uefa, e a Rússia ainda busca anular uma proibição da Fifa de forma a poder participar da repescagem das eliminatórias da Copa do Mundo neste mês.

"As decisões da CAS sobre... pedidos para suspender a execução das decisões da Fifa durante o período de duração dos procedimentos da CAS provavelmente serão emitidas no final desta semana", acrescentou a corte.

A Rússia tem partida agendada contra a Polônia pela repescagem das Eliminatórias da Copa do Mundo em 24 de março. Se a Rússia permanecer suspensa nessa ocasião, ela ficará fora da Copa do Mundo do Catar, em novembro.

A federação polonesa já disse que se recusaria a jogar contra a equipe russa, e a República Tcheca e a Suécia, que estão no mesmo caminho de repescagem, também rejeitaram a possibilidade de enfrentar a Rússia.