sábado, 19 de março de 2022

  • sábado, março 19, 2022
  • Redação
Foto: Staff Images Woman/CONMEBOL

Por Agência Brasil

O Brasil é tetracampeão do Sul-Americano Feminino Sub-17! A Seleção derrotou a Colômbia por 1 a 0, neste sábado (19), e com o resultado conquistou a competição. Rhaissa, no segundo tempo, marcou o gol do triunfo canarinho em jogo realizado no Estádio Charrúa, em Montevidéu (URU), válido pela última rodada do quadrangular final.

A campanha da Seleção Feminina Sub-17 na competição se encerra com 100% de aproveitamento; com sete vitórias, 33 gols marcados e nenhum sofrido. Além da conquista atual, o Brasil levou o troféu nos anos de 2010, 2012 e 2018.

O jogo

O primeiro tempo do confronto foi de muito equilíbrio, intensidade física e disputa por espaços. Brasil e Colômbia estavam bem postados defensivamente, com isso, ambos tiveram dificuldades de infiltrar e criar muitas chances de gols.

As adversárias ameaçaram a meta de Elu aos 17, quando Caicedo saiu na cara do gol, mas a goleira brasileira fez uma grande intervenção. Já a Seleção levou perigo aos 26: após cobrança de falta de Ana Júlia pelo lado esquerdo, próximo à área, Guta cabeceou na segunda trave e a bola saiu com perigo na frente do gol.

Na altura dos 39, o Brasil construiu uma bela jogada no campo de ataque, Ana Júlia recebeu o passe, ajeitou e arriscou o chute, mas a bola saiu sobre a meta da arqueira colombiana. Com isso, o placar terminou sem gols na etapa inicial.

No segundo tempo, o cenário da partida iniciou da mesma forma, com as duas equipes lutando, mas sem muitas oportunidades de gol. Após as alterações da técnica Simone Jatobá, a Seleção começou a controlar o jogo.

Quando o relógio marcou 23 minutos, Carol serviu de forma magistral buscando Aline na infiltração, mas a goleira colombiana chegou antes e cortou. Já aos 28, Dudinha arrancou pela direita, cruzou na medida, Rhaissa chapou com estilo e a bola explodiu na trave.

Com um volume ofensivo cada vez maior, o gol brasileiro pareceu questão de tempo e aconteceu: na marca dos 30 minutos, Aline arrancou em velocidade pelo meio, venceu as adversárias, serviu Rhaissa na medida, a atacante apenas tirou da goleira, abriu o placar e garantiu a vitória brasileira.

Brasil: Elu; Luana, Guta, Grazy e Kedima; Ana Júlia, Lara (Rebeca) e Carol; Dudinha, Aline e Jhonson (Rhaissa)