sábado, 26 de fevereiro de 2022

  • sábado, fevereiro 26, 2022
  • Redação
Foto: Reprodução/Twitter Grêmio

Por Agência Brasil

O ônibus do Grêmio foi apedrejado no caminho para o estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, para o clássico diante do Internacional, pela nona rodada do Campeonato Gaúcho. A partida, marcada para 19h (horário de Brasília) deste sábado (26), foi inicialmente adiada para 21h. Por volta das 20h, a Federação Gaúcha de Futebol (FGF) oficializou o adiamento do jogo.

“Uma nova data será informada em breve, assim que finalizada a reunião com os clubes”, comunicou a FGF em nota divulgada no Twitter.

Uma das pedras atiradas no ônibus, quando o mesmo transitava na avenida Edvaldo Pereira Paiva, atingiu o rosto do volante Mathias Villasanti, que foi levado ao hospital Moinhos de Vento. Segundo o Grêmio, foi constatado um traumatismo craniano e uma concussão cerebral, sem fratura na cabeça. O paraguaio está bem, com escoriações no rosto e um trauma no quadril. O meia Jaminton Campaz apresentou tontura. Antes do adiamento do jogo, o Tricolor havia se manifestado nas redes sociais afirmando que não atuaria “diante da agressão covarde e absurda sofrida por nossa delegação”.

Em entrevista coletiva, no gramado do Beira-Rio, o presidente do Inter, Alessandro Barcelos, condenou o ato de violência contra o ônibus do Grêmio e lembrou de caso semelhante na última quinta-feira (24), em que torcedores acertaram o ônibus do Bahia antes do jogo contra o Sampaio Corrêa, em Salvador, ferindo o goleiro Danilo Fernandes.

“O Internacional vai contribuir de todas as formas, com seu aparato, para que sejam localizados e identificados aqueles que fizeram isso. O Internacional concorda com a não realização da partida, mas está preocupado, também, com o desequilíbrio técnico do campeonato. Vamos conversar de forma tranquila para resolver”, declarou Barcelos.

O Grêmio lidera o Gauchão com 17 pontos, cinco a frente do Inter, quarto colocado. Os clubes têm compromissos pela Copa do Brasil no meio de semana. O Tricolor joga na quarta-feira (2), às 21h30, contra o Mirassol, no estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol (SP). Na quinta-feira (3), no mesmo horário, o Colorado visita o Globo-RN na Arena das Dunas, em Natal.

Confusão no Paraná

O estádio da Vila Capanema, em Curitiba, também teve confusão neste sábado. Aos 41 minutos do segundo tempo, torcedores do Paraná invadiram o gramado para agredirem jogadores da equipe, que foi derrotada por 3 a 1 pelo União, pela décima rodada do Campeonato Paranaense. O resultado decretou o rebaixamento tricolor à segunda divisão do Estadual. O jogo foi interrompido e posteriormente encerrado.

Próximas Transmissões

Terça 19h15 | Copa Libertadores | Nacional (URU) x Red Bull Bragantino
Terça 21h30 | Copa Sudamericana | LDU (EQU) x Atlético Goianiense
Quarta 16h00 | Final da Liga Conferência Europa | Roma (ITA) x Feyenoord (HOL)
Quarta 21h30 | Copa Sudamericana | Independiente (ARG) x Ceará
Quinta 19h00 | Copa Libertadores | Athletico Paranaense x Caracas (VEN)