terça-feira, 15 de fevereiro de 2022

  • terça-feira, fevereiro 15, 2022
  • Redação
Foto: Thais Magalhães/CBF

Por Agência Brasil

A técnica Pia Sundhage não confirmou o time que mandará à campo contra a Holanda, nesta quarta-feira (16), às 14h (horário de Brasília), pelo Torneio Internacional da França, mas adiantou que o sistema defensivo da seleção brasileira feminina de futebol terá "algumas caras novas". Segundo a treinadora, o objetivo é que mais atletas tenham a oportunidade de enfrentar a atacante Vivianne Miedema, goleadora do Arsenal (Inglaterra) e quarta colocada no prêmio Bola de Ouro da Federação Internacional de Futebol (Fifa) em 2021.

"Se olharmos nossa linha defensiva, teremos caras novas, novas jogadoras. Quero realmente dar a elas essa chance de jogar contra uma das melhores jogadoras do mundo. Para isso, preciso ter coragem e elas também", comentou Pia, em entrevista coletiva.

Das nove jogadoras que a treinadora tem à disposição no sistema defensivo, a zagueira Thaís Regina, do São Paulo, é a única que foi chamada pela primeira vez. Seis das convocadas para o setor jogam no futebol europeu, sendo que a zagueira Rafaelle é companheira de Miedema no Arsenal. Na vitória por 2 a 0 sobre o Chile, em dezembro, na Arena da Amazônia, pela última rodada do Torneio Internacional de Manaus, as quatro titulares foram Antônia (zagueira que também atua na lateral direita), Tainara, Daiane e Tamires.

O duelo desta quarta (16) reedita o segundo confronto brasileiro na Olimpíada de Tóquio (Japão). Em 24 de julho, a seleção de Pia empatou por 3 a 3 com as holandesas no estádio de Miyagi, na cidade japonesa de Rifu. As atacantes Marta, Debinha e Ludmila fizeram os gols da equipe canarinho, enquanto Miedema (duas vezes) e a lateral Dominique Janssen balançaram as redes para as rivais, atuais vice-campeãs mundiais.

"O jogo contra a Holanda foi um dos nossos melhores. Tenho muito respeito pelo estilo delas e pelo novo técnico [o britânico Mark Parsons, que substituiu a holandesa Sarina Wiegman, que assumiu a seleção inglesa feminina]. Será interessante ver se elas mantêm o jeito de jogar, com novas atletas", analisou a treinadora.

Depois das holandesas, as brasileiras terão pela frente as anfitriãs francesas, às 16h10, no sábado (19). Três dias depois, as comandadas de Pia encerram a participação no Torneio da França contra a Finlândia, às 14h. As partidas da seleção canarinho serão todas realizadas no estádio Michel d'Ornano, na cidade de Caen.

"Temos jogadoras em meio de temporada na Europa, outras que fizeram alguns poucos jogos no início da temporada no Brasil e as que vêm dos Estados Unidos. Teremos de encontrar uma boa mistura. Os jogos serão importantes para darmos chances às atletas de enfrentarem bons times. Poderemos utilizar a Antônia na zaga ou pelos lados? São questões para as quais teremos boas respostas, que serão acompanhadas pelo desempenho daqui em diante", concluiu Pia.

O principal compromisso do Brasil em 2022 será a Copa América, entre 8 e 30 de julho, na Colômbia. O torneio classifica as três melhores seleções à Copa do Mundo do ano que vem, que será na Austrália e na Nova Zelândia.

Próximas Transmissões

Terça 19h15 | Copa Libertadores | Nacional (URU) x Red Bull Bragantino
Terça 21h30 | Copa Sudamericana | LDU (EQU) x Atlético Goianiense
Quarta 16h00 | Final da Liga Conferência Europa | Roma (ITA) x Feyenoord (HOL)
Quarta 21h30 | Copa Sudamericana | Independiente (ARG) x Ceará
Quinta 19h00 | Copa Libertadores | Athletico Paranaense x Caracas (VEN)