terça-feira, 25 de maio de 2021

  • terça-feira, maio 25, 2021
  • Redação
Copa Libertadores, River Plate, Fluminense
Foto: Pool via Reuters/Juan Mabromata

Por Agência Brasil

O Fluminense derrotou o River Plate (Argentina) por 3 a 1, na noite desta terça-feira (25) em pleno estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires, e garantiu a classificação para as oitavas de final da Copa Libertadores da América.

E o Tricolor conseguiu a vaga como primeiro colocado do Grupo D, com 11 pontos. Apesar da derrota, o River avançou como o segundo colocado da chave, com 9 pontos.

Além disso, a vitória também garantiu à equipe das Laranjeiras uma escrita especial na história. O Fluminense se tornou o segundo clube da história a vencer o Boca na Bombonera (triunfo alcançado em 2012) e o River no Monumental pela competição continental. A outra equipe é o Cruzeiro.

Presente de aniversário

No dia em que completou 120 anos de história, o River foi a campo com uma equipe muito desfalcada. Após sofrer um surto do novo coronavírus (covid-19) que atingiu 22 jogadores, a equipe teve o retorno de 9 atletas.

Claramente sentindo a falta de ritmo, a equipe comandada pelo técnico argentino Marcelo Gallardo acabou sendo presa fácil para o time de Roger Machado, que mandou a campo uma escalação diferente da habitual, mas por opção do treinador. Os laterais Samuel Xavier e Egídio e os atacantes Caio Paulista e Gabriel Teixeira ganharam as vagas de Calegari, Danilo Barcelos, Luiz Henrique e Kayky.

Com a bola rolando, o Fluminense mostrou cedo que jogava pela vitória. Aos 5 minutos, Luccas Claro finalizou com perigo após cobrança de falta de Nenê. Mas o juiz marcou impedimento no lance. Quatro minutos depois é Nino que levou perigo à meta defendida por Armani.

Aos 11 minutos, os argentinos finalmente tiveram a sua primeira oportunidade clara, quando De La Cruz chutou cruzado para defesa parcial de Marcos Felipe. Borré chegou no rebote, mas o goleiro Tricolor segurou.

Mas o Fluminense era melhor e, aos 21 minutos, conseguiu abrir o marcador. O lateral Samuel Xavier tocou para Fred, que cruzou rasteiro para Caio Paulista apenas escorar para o fundo do gol defendido por Armani.

Quatro minutos depois o River chegou novamente com perigo, quando Carrascal recebeu na esquerda, se livrou de um marcador e chutou forte na trave.

Porém, o controle da partida era do time de Roger Machado, que, aos 28 minutos aproveitou um erro na saída de bola dos argentinos. Fred (escolhido o melhor jogador da partida) dominou na intermediária e achou lindo lançamento para Nenê, que bateu forte para ampliar para 2 a 0.

A etapa final começou com o time das Laranjeiras mantendo o domínio. E, aos 5 minutos, teve uma nova oportunidade, quando Yago Felipe recebeu na esquerda, puxou para o meio e chutou no travessão do gol defendido por Armani.

Aos 21 minutos a missão do Fluminense foi facilitada quando o zagueiro Maidana recebeu cartão vermelho direto após agredir Caio Paulista com uma cotovelada.

Porém, o River, mais na base da raça do que da qualidade técnica, insistiu e descontou com Girotti aos 39 minutos. Mas, sete minutos depois, Yago Felipe recebeu do uruguaio Abel Hernández, dominou e bateu de três dedos para sacramentar a vitória, e a classificação, do Tricolor das Laranjeiras.

Próximas Transmissões

Sábado 10H00 | Eurocopa | Hungria x França
Sábado 13H00 | Eurocopa | Portugal x Alemanha
Sábado 16H00 | Eurocopa | Espanha x Polônia
Domingo 13H00 | Eurocopa | Itália x País de Gales
Domingo 16H00 | Brasileirão Série B | Náutico x Botafogo
Domingo 18H15 | Brasileirão Série A | Santos x São Paulo
Segunda 13H00 | Eurocopa | Macedônia x Holanda
Segunda 16H00 | Eurocopa | Rússia x Dinamarca
Segunda 18H00 | Copa América | Uruguai x Chile