terça-feira, 4 de maio de 2021

  • terça-feira, maio 04, 2021
  • Redação

bahia, Independiente, copa sul-americana
Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

Por Agência Brasil

O Bahia perdeu a chance de garantir a liderança do Grupo B da Copa Sul-Americana na noite desta terça-feira (4). Após estar perdendo por 2 a 0 para o Independiente (Argentina), no estádio do Pituaçu, o Tricolor conseguiu o empate e teve a chance da virada nos pés de Gilberto. Porém, o camisa 9 desperdiçou cobrança de pênalti aos 40 minutos do segundo tempo.

Com o resultado, o Independiente chegou a 7 pontos e está na primeira posição do Grupo B. Já o Bahia subiu para 5 pontos, ficando na segunda posição.

Jogo de recuperação

A partida começou com chuva e uma boa chance de gol para cada equipe. Logo no primeiro minuto, Rodriguinho cobrou escanteio para Conti desviar de cabeça. Sosa fez grande defesa e, na sobra, Daniel chutou de fora da área, mas a bola foi por cima. O Independiente respondeu cinco minutos depois. Togni aproveitou bobeada de Nino, dominou e ficou na cara de Matheus Teixeira, que salvou o tricolor.

Depois de um início promissor, o jogo ficou morno, e as oportunidades só foram criadas novamente nos últimos 15 minutos da etapa inicial. Aos 33 minutos, o Bahia quase abriu o placar. Thaciano recebeu de Rodriguinho, pela direita, e cruzou. Gilberto apareceu e bateu de chapa, da entrada da pequena área. Sosa fez milagre e salvou o gol do time da casa. Três minutos depois, Rodriguinho encontrou Gilberto livre para marcar. O atacante arriscou de perna direita para defesa firme do goleiro.

Aos 41 minutos, veio o castigo. Velasco fez grande jogada, entrou na área adversária, passou por Conti e acabou sendo derrubado por Luiz Otávio. Pênalti bem marcado pelo árbitro. Jonathan Herrera cobrou de perna direita, no canto esquerdo de Matheus Teixeira, que pulou para o outro lado.

No segundo tempo a chuva apertou e o gramado de Pituaçu começou a ser castigado, apresentando muitas poças. O que não mudou foi a inocência da defesa do Bahia. Aos 5 minutos, Brian Martinez tentou dominar a bola e Renan Guedes chegou atrasado, derrubando o camisa 30. Velasco foi para a cobrança e ampliou aos cinco minutos: bola para um lado e goleiro para o outro.

O Bahia respondeu logo. Aos 11 minutos, Rodriguinho recebeu passe na intermediária, driblou o defensor em uma bela jogada e soltou a bomba de perna direita. A bola explodiu na trave e sobrou para Thaciano, sem goleiro, diminuir.

Depois do gol, a chuva deu uma trégua, mas o gramado de Pituaçu não resistiu e ficou completamente encharcado. Com dificuldades para trocar passes, o jeito foi tentar por cima. Aos 36 minutos, Alesson cobrou escanteio pela direita e Luiz Otávio cabeceou para deixar tudo igual.

O Bahia cresceu e teve a chance da virada. No minuto seguinte, Maycon Douglas recebeu a bola pela direita, driblou Sosa e foi derrubado pelo goleiro. Pênalti que Gilberto cobrou mal e Sosa defendeu. Foi o quarto pênalti perdido pelo atacante com a camisa do Tricolor.

Na próxima rodada, o Bahia enfrenta na competição continental o Guabirá (Bolívia), na quinta-feira (13), às 19h15 (horário de Brasília), no estádio Gilberto Parada, na cidade de Montero.

Próximas Transmissões

Sábado 08h30 | Campeonato Inglês | Watford x Liverpool
Sábado 15h45 | Campeonato Italiano | Milan x Hellas Verona
Domingo 10h30 | Campeonato Alemão | Bayer Leverkusen x Bayern de Munique
Domingo 16h00 | Campeonato Espanhol | Barcelona x Valencia
Domingo 20h00 | Brasileirão Série A | São Paulo x Corinthians