sexta-feira, 12 de março de 2021

  • sexta-feira, março 12, 2021
  • Redação
Foto: Rodrigo Corsi/FPF

Por Agência Brasil

A Federação Paulista de Futebol (FPF) garantiu nesta quinta-feira (11) que a Série A1 (primeira divisão) do Campeonato Paulista será concluída na data prevista inicialmente, em 23 de maio, com eventuais ajustes de datas. O posicionamento, por meio de nota, deu-se após o Governo de São Paulo anunciar a suspensão completa de atividades esportivas coletivas no estado por 15 dias, a partir da próxima segunda-feira (15), para conter a disseminação do novo coronavírus (covid-19), em meio à alta de casos e de internações.

Segundo dados do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo, a taxa de ocupação das unidades de terapia intensiva (UTIs) está em 87,6% no estado, com uma média de 150 novas admissões por dia. O número é 47% superior ao registrado na primeira onda da covid-19.

O comunicado foi emitido na sequência de uma reunião envolvendo a FPF e os 16 clubes participantes do Estadual. Segundo a nota, entidade e equipes lamentam o “gravíssimo nível” da pandemia de covid-19 em São Paulo, lembram que, há um ano, o futebol paulista parou as atividades antes de a quarentena ser definida no estado e voltam a defender o protocolo sanitário adotado para realização dos torneios, “aprovado e elogiado” pelo Ministério Público e pelo Centro de Contingência.

“[O protocolo] oferece aos profissionais do futebol e a todos os funcionários dos clubes um nível de controle não encontrado em qualquer outra atividade econômica, com testagens seriadas e acompanhamento médico diário. Desde o reinício dos jogos no ano passado, foram mais de 35 mil testes realizados por árbitros, atletas, profissionais e funcionários dos clubes de São Paulo”, afirma o comunicado da FPF.

Ainda segundo a nota, a Federação Paulista e o Ministério Público foram convidados pelo Governo estadual para uma reunião às 9h (horário de Brasília) de segunda-feira. “Após este encontro, no mesmo dia, às 15h, FPF e clubes se reunirão para definir o agendamento dos jogos”, encerra o comunicado. A reunião também definirá o futuro das Séries A2 (segunda divisão) e A3 (terceira divisão) paulistas, também já iniciadas.

Nesta quinta-feira, em entrevista coletiva, o nefrologista José Medina Pestana, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e membro do Centro de Contingência do Coronavírus, explicou que a decisão de suspender as atividades esportivas atende à recomendação do Ministério Público estadual feita na última terça-feira (9). O procurador-geral Mario Sarrubbo, do MP, afirmou que “o recrudescimento da situação causada pela covid-19, com o aumento do número diário de pessoas infectadas, de internações e de mortes” tornava “imprescindível” a interrupção dos eventos.

A interrupção impacta diretamente as partidas das rodadas de 5 a 7 do Campeonato Paulista da Série A1, além de um jogo isolado pela terceira rodada, entre São Bento e Palmeiras, em Sorocaba (SP), marcado para a próxima quarta-feira (17). Nesse mesmo dia, há um duelo da Copa do Brasil marcado para o estado, entre Marília (da Série A3) e Criciúma, em Marília (SP). Para quinta-feira (18), está agendado o duelo entre Mirassol e Red Bull Bragantino, em Mirassol (SP), também pelo torneio nacional.

Próximas Transmissões