segunda-feira, 15 de março de 2021

  • segunda-feira, março 15, 2021
  • Redação
Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Por Agência Brasil

O ex-volante do Corinthians, Gimar Fubá, morreu nesta segunda-feira (15), aos 45 anos. Campeão mundial pelo Timão em 2000,  Fubá faleceu no Hospital São Luiz, em São Paulo, vítima de um câncer que o acometeu pela segunda vez, de acordo com nota de pesar do Corinthians. Em 2017, o ex-jogador foi diagnosticado com um mieloma múltiplo, um tipo de câncer na medula óssea. 

Formado nas categorias de base do Corinthians, Fubá nasceu em São Mateus, bairro da Zona Leste da capital paulista. Ele defendeu o clube por 131 vezes, de 1996 a 2000. Nesse período, marcou quatro gols. Depois da aposentadoria, Fubá seguiu trabalhando na base alvinegra.

Pelas redes sociais, vários jogadores, dirigentes e clubes prestaram homenagens a Gilmar Fubá. O presidente do Corinthians, Duílio Monteiro Alves, usou sua conta pessoal no Twitter ara expressar o luto. "A perda do Gilmar Fubá é uma grande dor para toda a Fiel. Ele era a cara do Corinthians, sempre com alma e carisma. Participou de grandes conquistas do clube: campeão paulista, 2 brasileiros e Mundial. Partiu cedo demais. Meus sentimentos a todos".

No Instagram, o ex-meio-campista Marcelinho Carioca, contemporâneo de Fubá no Timão, lamentou a morte do parceiro de campo.

O ex-atleta esteve presente também nas conquistas do Paulistão de 1997 e dos Campeonatos Brasileiros de 1998 e 1999. Além do Timão, Gilmar Fubá também defendeu a Portuguesa Santista e o Fluminense. No exterior, atuou no Schalke 04 (Alemanha) e  no Ulsan Hyundai (Coreia do Sul).


Próximas Transmissões