sexta-feira, 9 de dezembro de 2022

  • sexta-feira, dezembro 09, 2022
  • Redação

Foto: Reuters/Matthew Childs


Por Agência Brasil

O técnico da Croácia, Zlatko Dalic, disse que enfrentar uma seleção brasileira embalada a todo vapor nas quartas de final da Copa do Mundo era uma perspectiva assustadora.

Mas o único terror visto no Estádio Cidade da Educação, nesta sexta-feira (9), ficou impresso nos rostos dos jogadores da seleção brasileira e de seus torcedores, juntamente com o choque e a descrença, quando a Croácia se recuperou de uma desvantagem de 1 a 0 na prorrogação para conquistar uma vitória nos pênaltis por 4 a 2 e, com ela, uma vaga nas semifinais.

“Na disputa de pênaltis somos lutadores, jogamos com todo o coração e é isso”, disse o goleiro croata Dominik Livakovic, eleito o melhor em campo. “Somos experientes e fomos criados como lutadores”.

“Não poupamos esforços para dar o nosso melhor, e essa é a nossa receita de sucesso”, disse. “Vamos jogar um jogo de cada vez e ver onde isso nos leva”.

A Croácia conquistou a vaga nas semifinais e agora está a uma vitória de um retorno à final do torneio pela segunda vez seguida.

A vice-campeã de 2018 parecia estar seguindo para a eliminação quando Neymar produziu um momento de mágica individual, marcando na prorrogação para dar ao Brasil uma vantagem de 1 a 0 quando faltavam apenas 15 minutos para o fim do jogo. 

Mas a Croácia, que também venceu o Japão nos pênaltis nas oitavas de final, voltou a mostrar sua força de vontade, respondendo com um gol de empate de Bruno Petkovic a três minutos do final.

Na disputa de pênaltis, os croatas mantiveram a calma e a compostura, enquanto o Brasil murchou sob a pressão, com Marquinhos e Rodrygo falhando em suas cobranças. 

  • sexta-feira, dezembro 09, 2022
  • Redação

Foto: Lucas Figueiredo/CBF
Por Agência Brasil

O ex-jogador Pelé se pronunciou algumas horas após a eliminação do Brasil da Copa do Catar. Em postagem em seu perfil em uma rede social nesta sexta-feira (9), o Rei do Futebol enviou uma mensagem para o atacante Neymar, que o alcançou na artilharia da seleção brasileira, com o total de 77 gols, ao marcar uma vez diante da Croácia.

“Eu te vi crescer, torci por você todos os dias e finalmente posso lhe parabenizar por igualar meu número de gols com a seleção brasileira. Nós dois sabemos que isso é muito mais do que um número. O nosso maior dever, como atletas, é inspirar. Inspirar nossos colegas de profissão de hoje, as próximas gerações e, acima de tudo, inspirar todos que amam o nosso esporte”, afirmou Pelé

“Infelizmente o dia não é o mais feliz para nós, mas você sempre será a fonte de inspiração que muitos almejam se tornar. Eu aprendi que quanto mais o tempo passa, mais o nosso legado cresce. Meu recorde foi estabelecido há quase 50 anos, e ninguém tinha conseguido se aproximar dele até agora. Você chegou lá, garoto. Isso valoriza a grandeza da sua conquista Neymar”, declarou o Rei do Futebol.

Neymar teve atuação destacada pelo Brasil nesta sexta, ao abrir o placar no tempo extra com um belo gol. Mas viu a Croácia empatar no finalzinho da prorrogação, forçando a disputa de pênaltis, na qual os europeus saíram com a vitória final por 4 a 2.

Pelé está internado no Hospital Israelita Albert Einstein desde o dia 29 de novembro para uma reavaliação da terapia quimioterápica do tumor de cólon, identificado em setembro de 2021.

  • sexta-feira, dezembro 09, 2022
  • Redação

Foto: REUTERS/Hannah Mckay

Por Agência Brasil

O atacante Neymar disse nesta sexta-feira (9) que não tem certeza se voltará a jogar pela seleção brasileira após a derrota para a Croácia nos pênaltis nas quartas de final da Copa do Mundo.

“Sinceramente, não sei. Acho que falar agora é ruim porque a cabeça está quente, não estou raciocinando direito”, disse um emocionado Neymar a jornalistas.

“Falar que é o fim estaria me precipitando, mas também não garanto nada. Vamos ver o que acontece daqui para frente”, acrescentou.

“Quero pegar esse tempo para pensar na seleção, pensar no que quero para mim. Não fecho as portas para a seleção, também não digo 100% que vou voltar”, declarou o camisa 10 do Brasil na Copa.

Neymar colocou o Brasil em vantagem contra a Croácia no final do primeiro tempo da prorrogação, mas a Croácia empatou quando faltavam três minutos para o fim do jogo e depois venceu nos pênaltis por 4 a 2.

Com o gol, Neymar igualou Pelé como maior artilheiro da seleção, com 77 gols.

O Rei do Futebol, de 82 anos e que está hospitalizado em estado delicado em São Paulo devido a um câncer, marcou seu último gol pelo Brasil em um amistoso contra a Áustria em 1971.

Pelé é o único jogador a ter conquistado três vezes a Copa do Mundo (em 1958, 1962 e 1970) e marcou 77 gols em 92 jogos pela seleção brasileira.

Neymar, de 30 anos, chegou a 77 gols em seu 124º jogo pelo Brasil. 

  • sexta-feira, dezembro 09, 2022
  • Redação

Foto: Reuters/Kai Pfaffenbach
Por Agência Brasil

A Argentina está classificada para a semifinal da Copa do Mundo do Catar. A vaga veio com a vitória de 4 a 3 sobre a Holanda na disputa de pênaltis, após as equipes ficarem no 2 a 2 com a bola rolando. A partida foi disputada nesta sexta-feira (9) no Estádio de Lusail, em Doha.

O craque Lionel Messi foi responsável pela jogada sensacional que deu origem ao gol do lateral Molina. O astro do PSG (França) puxou o contra-ataque, driblou um adversário e achou um lindo passe para a abertura do placar aos 34 minutos da primeira etapa. O segundo tempo teve Messi batendo falta com muito perigo aos 17 minutos. Aos 27, o atacante cobrou com perfeição um pênalti sofrido por Acuña para fazer 2 a 0.

Na pressão final, a Holanda descontou com o atacante Weghorst de cabeça após falha da marcação argentina. E, incrivelmente, aos 55 minutos da etapa final, Weghorst (que entrou no gramado aos 32 da etapa final) aproveitou cobrança de falta de Berghuis por baixo da barreira para finalizar e levar o confronto para a prorrogação.

No tempo extra as equipes buscaram o gol de lado a lado, mas as defesas foram mais eficientes e o placar permaneceu inalterado, o que fez com que a vaga fosse definida nos pênaltis.

Na disputa de penalidades máximas entrou em ação o outro herói do jogo. O goleiro Martínez defendeu as cobranças do zagueiro Van Dijk e de Berghuis para levar os sul-americanos à próxima fase com o placar de 4 a 3.

Recordes de Messi

Além de ser um dos protagonistas da classificação, Lionel Messi teve ao menos outros dois motivos para comemorar. Ele completou 24 jogos em Copas, se tornando, ao lado do alemão Miroslav Klose, o segundo atleta com mais partidas na história da competição. Ele está a apenas uma partida de Lothar Matthäus, que já entrou em campo em 25 oportunidades em mundiais de seleções.

E com o gol de pênalti diante da Holanda, Messi chegou ao décimo em Copas, se igualando ao lendário centroavante Gabriel Batistuta na liderança da artilharia argentina em mundiais.

Agora, a Argentina medirá forças com a Croácia, a partir das 16h (horário de Brasília) da próxima terça-feira (13) no Estádio de Lusail, para buscar a classificação para a grande final do Mundial do Catar. 

  • sexta-feira, dezembro 09, 2022
  • Redação

Foto: Reuters/Suhaib Salem
Por Agência Brasil

A França terá que estar atenta quando enfrentar a Inglaterra nas quartas de final da Copa do Mundo, já que sua adversária tem jogadores capazes de prejudicá-los no contra-ataque e nas bolas paradas, disse o técnico Didier Deschamps nesta sexta-feira (9).

As equipes não se enfrentam em um grande torneio desde o empate na fase de grupos da Euro 2012, mas o foco tem sido o jogo entre dois países que compartilham uma rivalidade esportiva.

Deschamps, que venceu a Copa do Mundo com a França como jogador e técnico, disse que não vê muitos pontos fracos na seleção inglesa, mas que eles têm alguns "pontos um pouco menos fortes".

"O ritmo costuma ser uma das chaves - quando você é rápido, os adversários têm menos tempo para se organizar. Mas você precisa de mais do que apenas ritmo para marcar gols", disse Deschamps antes do jogo de sábado no estádio Al Bayt. “Você pode parar muitas coisas, mas é muito difícil parar alguém muito rápido, especialmente nas transições". "A Inglaterra é muito forte nas transições - mais da metade de seus gols vieram de contra-ataques rápidos. Mas eles também têm outras qualidades - eles têm habilidade técnica, capacidade de marcar gols e habilidade em lances de bola parada", completou.

Os holofotes estão em como o atacante Kylian Mbappé, artilheiro do torneio com cinco gols, se sairá contra a defesa da Inglaterra, com o lateral-direito Kyle Walker dizendo que contará com sua experiência de jogar contra o francês no passado quando eles se enfrentarem.

"Tenho certeza que a Inglaterra estará preparada para enfrentá-lo, mas Kylian pode fazer a diferença", disse Deschamps.

A França venceu a Copa do Mundo com uma campanha estelar na Rússia há quatro anos, mas o goleiro Hugo Lloris disse que é a seleção da Inglaterra que tem mais experiência em torneios do que os atuais campeões. 

"Se compararmos os dois times, há mais jogadores ingleses aqui que estiveram na Copa do Mundo na Rússia do que jogadores da França", acrescentou Lloris.