sexta-feira, 1 de julho de 2022

  • sexta-feira, julho 01, 2022
  • Redação
Foto: Phil Noble/Reuters

Por Agência Brasil

O atacante Mohamed Salah renovou contrato com o Liverpool por longo prazo, informou o time da Premier League nesta sexta-feira (1º).

O Liverpool não forneceu detalhes, mas a Sky Sports informou que o atacante egípcio havia assinado um novo acordo até 2025.

"Eu me sinto ótimo e [estou]  entusiasmado em ganhar troféus com o clube. É um dia feliz para todos", disse Salah em uma declaração divulgada no site do clube. "Acho que leva um pouco de tempo para renovar, mas agora tudo está feito, então só precisamos nos concentrar no que está por vir".

"Acho que você pode ver nos últimos cinco ou seis anos que a equipe estava sempre indo (para cima). Na última temporada estivemos perto de ganhar quatro, mas infelizmente na última semana da temporada perdemos dois troféus", acrescentou.

Salah marcou 23 gols pelo Liverpool na última temporada e dividiu a chuteira de ouro da Premier League com Heung-min Son, do Tottenham Hotspur.

O egípcio, de 30 anos, marcou 31 gols em todas as competições pelo Liverpool e os ajudou a ganhar a Copa da Liga e a FA Cup.

  • sexta-feira, julho 01, 2022
  • Redação
Foto: Reprodução Twitter/FIFA Media

Por Agência Brasil

A tecnologia semiautomática de impedimento será usada na Copa do Mundo deste ano, prometendo decisões mais precisas e muito mais rápidas, informou a Fifa nesta sexta-feira (1º).

No que pode ser considerado um desenvolvimento marcante na arbitragem, a tecnologia será capaz de resolver impedimentos controversos com uma velocidade e precisão inimagináveis ​​há menos de uma década.

Usando câmeras estrategicamente posicionadas ao redor dos estádios e um chip na bola da partida, a Fifa disse que a tecnologia ajudará a reduzir as decisões contínuas do Árbitro Assistente de Vídeo (VAR) em análises sobre impedimento e o tempo necessário para verificações.

"Estamos trabalhando em um uso mais consistente do VAR, em particular no que diz respeito à linha de intervenção", disse Pierluigi Collina, presidente do Comitê de Arbitragem da Fifa, em uma entrevista coletiva. "Estamos cientes de que às vezes a duração das verificações ou revisões é muito longa, em particular sobre o impedimento."

A solução, revelou a Fifa, é o chamado SAOT, que trará uma sensação futurista ao futebol, com os torcedores podendo ver algumas das animações em 3D quando as decisões do VAR são explicadas na tela gigante de um estádio.

A tecnologia já foi testada em dois torneios nos últimos sete meses e deve ser aprovada para a Copa do Mundo no Catar, que ocorre de 21 de novembro a 18 de dezembro. Será utilizada em todas as sedes do torneio.

Ela usa 12 câmeras de rastreamento montadas sob o teto de um estádio para rastrear a bola e até 29 pontos de dados de cada jogador, 50 vezes por segundo, calculando sua posição exata em campo. Os 29 pontos de dados coletados incluem todos os membros e extremidades relevantes para fazer análises de impedimento.

  • sexta-feira, julho 01, 2022
  • Redação
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Por Agência Brasil

O Tottenham Hotspur assinou com o atacante brasileiro Richarlison, que estava no Everton, um contrato até 2027, informou o clube do norte de Londres na sexta-feira (1º).

Os detalhes financeiros da transferência não foram divulgados, mas a mídia britânica informou que os Spurs contrataram o jogador de 25 anos por cerca de 50 milhões de libras mais outros 10 milhões de libras em cláusulas adicionais.

"Temos o prazer de anunciar a contratação de Richarlison, do Everton, sujeito a uma permissão de trabalho", disse o Tottenham em um comunicado. "O jogador da seleção brasileira assinou conosco um contrato até 2027."

Richarlison, que chegou ao Everton em 2018, marcou 53 gols para o clube de Merseyside. Seus gols no final da temporada 2021/22 foram cruciais para o Everton, que terminou em 16º lugar no campeonato, se manter na Premier League e evitar o rebaixamento.

Ele também tem 36 jogos pelo Brasil, marcando 14 vezes.

O Tottenham, que terminou em quarto na temporada passada e se classificou para a Liga dos Campeões, tem tido uma janela de transferências agitada, com Richarlison se juntando a outras novas contratações, como Ivan Perisic, o meio-campista Yves Bissouma e o goleiro Fraser Forster.

  • sexta-feira, julho 01, 2022
  • Redação
Foto: Divulgação

Por Assessoria LaLiga Brasil

Real Betis tem um novo nome emocionante para adicionar ao elenco para a próxima temporada. Ele é Luiz Henrique e, aos 21 anos, chega ao Estádio Benito Villamarín de sua terra natal, o Brasil, pronto para mostrar suas qualidades em uma das melhores ligas do mundo. Sua principal força é no um contra um, como ele possui velocidade e explosão e sempre joga de olho na área do adversário.

Manuel Pellegrini poderá trabalhar com o ponta canhoto desde o início da pré-temporada. Apesar da juventude, Luiz Henrique já disputou mais de 100 jogos no profissional e participou diretamente de mais de 20 gols (entre gols e assistências), estatísticas que mostram que ele foi um jogador-chave do Fluminense e o fizeram convocado para a Seleção Brasileira Sub-20.  Além disso, nos meses anteriores à sua transferência para o Real Betis ele teve seu melhor período de gols com o Fluminense, então ele espera manter isso em LaLiga Santander.

Sua força física e mentalidade de ataque farão dele um bom complemento para talentos como Nabil Fekir, Sergio Canales, Borja Iglesias e Juanmi, que acabaram de montar uma temporada histórica para o Real Betis, vencendo a Copa del Rey e se classificando para uma competição europeia pelo segundo ano consecutivo. Esta é apenas a segunda vez na história do clube que eles conseguem repetir a qualificação europeia. Portanto, a próxima temporada será uma chance para o clube consolidar seu lugar nos altos escalões da competição após a campanha memorável do ano passado.

Luiz Henrique está dando o salto para o futebol europeu ao ingressar em um clube com uma das maiores torcidas da Espanha, colocando ainda mais responsabilidade em seus ombros jovens. Em Sevilha, a paixão pelo futebol é como em nenhum outro lugar da Espanha. Agora cabe ao brasileiro usar todo o seu talento para dar aos torcedores muito para torcer.

O jogador de 21 anos tem uma estatura grande, bem diferente do perfil clássico de um ala brasileiro, que tradicionalmente é menor. Seu quadro de 1,82m e seu poderoso passo permitem que ele domine o jogo em qualquer ala, enquanto sua tomada de decisão inteligente dentro e ao redor da área do adversário demonstra uma visão do jogo e uma maturidade esportiva acima da sua idade.  Essas foram as muitas razões que convenceram o departamento esportivo do Real Betis, que é liderado por Antonio Cordón, a tomar a decisão de adquirir seus serviços, pensando no presente e, acima de tudo, no futuro dos Verdiblancos.

A formação de Pellegrini também deve ajudar na adaptação do jogador ao clube e à nova liga. O chileno gosta de jogar com alas, o que deve facilitar para o recém-chegado encontrar um lugar na formação, onde ele pode melhorar as opções de ataque com seu perfil técnico, mas também físico e explosivo. Ele pode ser a flecha para os arcos dos outros jogadores talentosos do time do Real Betis, que têm pés rápidos, encaixando-se perfeitamente no estilo de jogo que levou o lado do ano passado à prataria.

No Real Betis, Luiz Henrique buscará seguir os passos dos outros ícones brasileiros que passaram um tempo no clube, como Edu, Ricardo Oliveira, Denílson ou Marcos Assunção. A nova contratação terá como objetivo conquistar os torcedores com seus próprios dribles, assistências e gols. Além disso, o fato de ter o atacante brasileiro Willian José jogando na frente com ele deve ajudar na curva de aprendizado.

Com essa transferência, o Real Betis está se comprometendo com um dos jovens jogadores mais promissores a sair do cenário carioca. Suas boas atuações no Brasil abriram caminho para um futuro brilhante e ambas as partes esperam que Sevilha se torne a cidade ideal para o jogador continuar seu desenvolvimento. Se Luiz Henrique conseguir produzir grandes atuações, ele pode ajudar o Real Betis a alcançar seus objetivos para a próxima temporada, quando tentará se classificar para a competição europeia em três temporadas consecutivas pela primeira vez na história.

  • sexta-feira, julho 01, 2022
  • Redação
Foto: Thais Magalhães/CBF

Por Assessoria CBF

Uma noite para marcar duas décadas de história. Nesta quinta-feira (30), a CBF realizou a festa dos "20 anos do Penta". Em um hotel em Copacabana, no Rio de Janeiro, jogadores e integrantes da delegação campeã do mundo em 2002 comemoraram o 20º aniversário da conquista da Copa do Mundo FIFA Coreia do Sul e Japão.

Convidados pelo Presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, para a celebração, os jogadores receberam camisas oficiais comemorativas da Seleção Brasileira e puderam reencontrar uma velha conhecida: a taça da Copa do Mundo. Ao lado dela, tiraram fotos e relembraram memórias vividas há 20 anos.

"Nesse dia em que comemoramos 20 Anos do Penta, a CBF quer fazer uma homenagem a todos os campeões do mundo. Só há Penta, porque houve Tetra, Tri, Bi e o primeiro campeonato", destacou Ednaldo Rodrigues no discurso de abertura da cerimônia, que seguiu:

"Didi, o Folha Seca, foi o melhor jogador da Copa de 1958. Em 62, foi a Copa do Garrincha. Pelé, o Rei, fechou com chave de ouro a Copa de 1970. A dupla Romário e Bebeto conquistou o mundo em 1994. Em nome desses atletas, homenageamos a todos, inclusive à comissão técnica, imprensa e a todos que assistiram e participaram de alguma forma.

Do elenco campeão do mundo, estiveram presentes: Anderson Polga, Belletti, Cafu, Denilson, Dida, Edilson, Edmilson, Gilberto Silva, Juninho Paulista, Júnior, Kleberson, Lúcio, Luizão, Marcos, Ricardinho, Rivaldo, Ronaldo e Vampeta. Por conta de seus compromissos profissionais com o Athletico Paranaense, o técnico Felipão não pôde estar presente, mas mandou uma mensagem em vídeo para participar do evento.

Artilheiro da Seleção Brasileira na Copa do Mundo, com oito gols, Ronaldo comentou a oportunidade de reencontrar amigos e companheiros de time que viveram, com ele, um momento tão especial

"A história que escrevemos foi muito importante, mas esse reencontro é muito bom. Realmente é uma data muito especial. A CBF juntar toda essa galera é um detalhe muito bonito. A gente sempre vive a expectativa de mais um título, mas enquanto não vem, comemoramos o último", disse Ronaldo.

A cerimônia de celebração dos 20 Anos do Penta foi comandada pelo jornalista Mauro Naves, que trabalhou na cobertura do título pela Rede Globo. O repórter abriu os trabalhos da comemoração e chamou ao palco o Presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, para um discurso de abertura. Em sua fala, o dirigente destacou a união do grupo de 2002, mas lembrou também das gerações que conquistaram a Copa do Mundo, em 1994, 1970, 1962 e 1958.

O discurso de Ednaldo foi seguido por Cafu, que, como capitão da conquista, representou o grupo da Seleção Brasileira. O ex-lateral ressaltou a alegria de reencontrar seus amigos e, acima de tudo, a maneira como o grupo manteve seus laços quase familiares, apesar do passar dos anos.

"O mais importante hoje é a celebração, ver todos que participaram dessa conquista tão importante para o nosso país".

Após a fala de Cafu, os jogadores foram chamados ao palco para receber camisas comemorativas da conquista dos 20 Anos do Penta. Membros da comissão técnica, integrantes do apoio da delegação e profissionais de imprensa que acompanharam a Copa do Mundo na época também foram homenageados.

Depois de receberem as camisas, os ex-atletas foram convidados para o ensaio oficial com a taça da Copa do Mundo. Os fotógrafos da CBF, Lucas Figueiredo e Thaís Magalhães, fizeram os retratos oficiais para marcar para sempre um evento que, na memória de cada jogador, já se tornou uma grande data.

Para fechar com chave de ouro a celebração, os convidados acompanharam a um show do cantor Xande de Pilares, que cantou alguns de seus principais sucessos, além do hit que embalou o pentacampeonato em 2002: "Deixa a Vida me Levar", eternizada na voz de Zeca Pagodinho.

Foi assim, no pagode, com alto astral e sorrindo, que a Seleção comemorou os 20 anos da conquista do pentacampeonato. E foi justamente dessa forma que, duas décadas antes, o Brasil ergueu a taça da Copa do Mundo.

Próximas Transmissões

Sábado 16h30 | Brasileirão Série A | Fluminense x Corinthians
Domingo 16h00 | Brasileirão Série B | Vasco x Sport